Projeto de Formação Humana conscientiza alunos do 9º ano sobre riscos

aulao_drogas

“Valorização da vida e combate ao uso de drogas” foi o tema trabalhado pelos alunos do 9º ano no projeto de Formação Humana durante o 3º bimestre. De forma multidisciplinar, foram realizados trabalhos com foco na Valorização da Vida com o objetivo de auxiliar os estudantes a cultivarem virtudes e desenvolverem ações nesse sentido.

Na Nota Livre de Língua Portuguesa, por exemplo, os alunos pesquisaram, divididos em equipes, sobre os diferentes tipos de drogas e criaram uma campanha de combate a essas substâncias composta por vídeo e banner. Com as apresentações, eles puderam refletir sobre a necessidade de agir conscientemente para preservar a vida e aprenderam sobre os efeitos das drogas no organismo.

Para complementar o projeto foi realizado um aulão especial de combate ao uso de drogas no qual professores de várias disciplinas falaram sobre a importância de se desenvolver um projeto de vida, praticar esportes, ampliar os horizontes culturais e aproveitar o que a vida tem de melhor.  Foram destacados ainda os meios pelos quais os adolescentes e jovens são abordados e a relevância da formação da personalidade para dizer “não” às drogas e “sim” a um estilo de vida saudável.

“O objetivo específico da palestra foi conscientizar os alunos sobre os malefícios causados pelo uso de drogas e despertá-los para a formação de uma personalidade capaz de dizer não para toda e qualquer ação destrutiva da vida e buscar cultivar sempre o apreço por um modo de vida saudável onde os estudos, a prática de esportes, o convívio familiar e os projetos de vida são valorizados”, destaca o gestor Carlos Roberto Merlin.

Ao fim do processo espera-se que os alunos tenham compreendido racionalmente o valor inerente à vida humana e também internalizado esse valor integrando-o à sua personalidade e ao seu caráter.

A ação faz parte do projeto de Formação Humana do Colégio Positivo, no qual a cada bimestre um tema específico é abordado.  A iniciativa procura, ao longo de todo ano letivo, contribuir para o desenvolvimento humano dos educandos a partir da internalização de virtudes, valores e hábitos que nutram constantemente um comportamento ético e saudável.