Atividades são realizadas em parceria com o IAR

Projeto_de_Robotica_-6--2

Por meio de uma parceria estratégica com o Instituto Avançado de Robótica (IAR), firmada em setembro de 2015, o Colégio Positivo Internacional desenvolve um projeto especial, que possibilita o aprendizado com a aplicação de conceitos da área de Robótica Industrial. Do fim de outubro ao início de novembro, os alunos de 6º e 7º anos assistiram a uma palestra com Rogério Vitalli, diretor executivo do IAR, que abordou as iniciativas do instituto e tratou temas da tecnologia de última geração, adequada à realidade dos estudantes. Na ocasião, eles aprenderam como a chamada Indústria 4.0 (Quarta Revolução Industrial, que permite a criação de fábricas inteligentes integradas à Manufatura, Digitalização da Informação e IoT – Internet da Coisas) revolucionará a forma de trabalho das empresas nas próximas décadas. Os alunos também assistiram a vídeos sobre os robôs mais avançados de que se tem conhecimento.

Além disso, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o primeiro laboratório móvel de robótica avançada do Brasil, uma carreta instalada no estacionamento ao lado do Bloco Vermelho (E3) da Universidade Positivo. Nessa visita, eles presenciaram dois robôs industriais (KUKA e ABB) e trabalharam em uma célula mecatrônica com vários dispositivos integrados, entendendo como a Matemática pode ser aplicada na construção de uma célula robótica, por meio de técnicas de programação. Para o estudante Luccas Marcolin Miranda, da 6I02, as atividades foram extremamente interessantes. “A Robótica é um conteúdo de que geralmente não se fala em sala de aula. Então, a palestra e a visita foram importantes. Pude entender como funciona uma tecnologia avançada, segura e ecológica”, diz.

De acordo com Vitalli, a Robótica é multidisciplinar, porque contempla não apenas conhecimentos das ciências Exatas, mas também das Humanas (estudos do impacto social no desenvolvimento de tecnologia e na criação de novas vagas de empregos) e das Biológicas (criação de robôs para a realização de cirurgias odontológicas menos incisivas, por exemplo). Segundo ele, a parceria, estabelecida também com a UP, é bastante benéfica para ambas as partes: o IAR dá aos alunos e professores a chance de desenvolver pesquisas e a UP contribui para a divulgação do instituto, com 14 anos de experiência.

A carreta – primeira unidade móvel de alta tecnologia no país – consiste em um laboratório de última geração, integrado ao conceito de indústria 4.0: a “fábrica do futuro”. “Trata-se de um projeto pioneiro, cuja construção exigiu 20 mil horas de engenharia”, explica Vitalli. Além da carreta, que sugere mobilidade, a UP conta agora com um escritório filial do IAR, localizado no Bloco das Engenharias (Bloco do Bosque). Com a parceria, o Grupo Positivo busca ser referência no ensino tecnológico, reconhecendo os avanços da Robótica – uma área com carência de mão de obra qualificada, aberta ao robotista, profissional do futuro. “Essas parcerias são essenciais para que a escola se mantenha sintonizada com a tecnologia do futuro”, define o professor Pedro Daniel Oliveira, gestor do Ensino Fundamental II do Colégio Positivo Internacional. A ideia é de que as atividades de Robótica integrem a estrutura pedagógica do Ensino Médio – nível de ensino projetado para o ano de 2018 na instituição.

Projeto_de_Robotica_-5--2